Clarice Lispector

"O que eu sinto eu não ajo. O que ajo não penso. O que penso não sinto. Do que sei sou ignorante. Do que sinto não ignoro. Não me entendo, e ajo como se me entendesse."

domingo, 20 de maio de 2012

Love for Life

'Em alguns momentos dizemos que estavamos desacreditados na vida e no amor... Quem nunca se sentiu assim? 
Mas após alguma reflexão posso chegar a seguinte conclusão: 
"O amor é um dos sentimentos mais fortes, bonitos e inimaginaveis que existem, independem de mim ou de vc, e a vida nos tras esse privilégio único... Por tanto quem sou eu, tão fraca que sou, para acreditar ou desacreditar em algo tão real e tão imenso, senão uma completa APAIXONADA PELA VIDA" '

 

Nenhum comentário: